28.6.05

O Dragão da Garagem

Não estou acostumado a blogs, não sei se é necessário um post de apresentação ou algo assim. É claro que não haveria uma maneira melhor de introduzir este blog do que utilizar o clássico texto de Carl Sagan sobre dragões invisíveis em garagens, para o qual inclusive fiz uma adpatação em meu artigo sobre o Método Científico no Projeto Ockham. Mas isto seria muito óbvio. Em vez disso vou inaugurar o blog com esta bela imagem abaixo.



Trata-se de um bebê dragão encontrado por um inglês em sua garagem no ano passado. Mais tarde descobriu-se que a história foi um boato inventado pelo aspirante a escritor Allistair Mitchell para promover um livro para crianças sobre dragões. O dragão foi construído por um amigo que trabalhava nos estúdios da BBC, no programa Walking with Dinossaurs.

Este é o espírito do blog. Sejam bem vindos.

9 Comments:

Anonymous Ivo Mendes said...

Fala Widson,

Espero que seu Blog tenha muitas visitas, estarei aguardando os posts para comentários...

Eu trabalho ao lado da livraria cultura, estou lendo aos poucos o Livro ("O Mundo Assombrado pelos Demônios"
) do Carl Sagan que tem o “Dragão na minha Garagem”, muito bom o livro e mostra muitas coisas sobre a idade média que não foram ou não são divulgados.

INTE +

Ivo Mendes
“Por um mundo sem superstições”

2:27 PM  
Blogger widson porto reis said...

Obrigado Ivo. Você vai gostar muito do livro. Agora cá entre nós eu ainda não o li todo também...

11:43 PM  
Anonymous Anônimo said...

Bom esse artigo: "Parmênides concluiu que se tinhamos a impressão de que as coisas se moviam e o tempo passava era somente porque vivíamos num mundo ilusório (uma versão antediluviana do filme Matrix)."
Parmênides é ante-diluviano?!?!?!!?
Rárrárrárrárrárrárrárrá...

Evangélico

10:59 AM  
Blogger widson porto reis said...

Segundo o Aurélio, "ante-diluviano" é simplesmente algo muito antigo.

Assim mesmo obrigado pela demonstração.

Senhoras e senhores, vejam o que acontece quando a ignorância se encontra com a leitura literal!

11:14 AM  
Anonymous Ivo Mendes said...

Eu achava antigamente que ser evangelico era buscar a "verdade", mas pelo visto muitos que estão na net preferem ser anonimos, ou seja insegurança de revelar sua verdadeira opnião.

Apesar de eu ser cético mas não ser completamente ateu, não acredito em tudo que dizem a respeito de Deus, nem por isso desmereço a visão de quem não cre, muito pelo contrario a cada dia aprendo mais.

Abraços

Ivo Mendes
"Por um mundo sem superstições"

11:55 AM  
Anonymous Evangélico said...

Pois é, Parmênides não é tão antigo assim, é?

E só por ser anônimo eu sou inseguro? Só por apontar a bobagem que o nosso "defensor da ciência" escreveu eu estou desmerecendo a sua "visão"?

Rárrárrárrárrárrárrárrárrá...

Vão ler a Bíblia, seus nerds!!!!

5:04 PM  
Anonymous Evangélico said...

E o nerd-mor ainda quer me expor à execração pública: "senhoras e senhores"...
Rárárárárárárárárárárá!!!

Pare de jogar "pra galera" e defenda suas idéias por si mesmo, ante-diluviano, rárárárárárárárárárárá!!!

Vou rezar pela sua alma, "cientista"...

7:28 PM  
Anonymous Homero said...

Olá Widson

Excelente blog, e excelente iniciativa.:-) E não se preocupe com evangélicos e similares, onde houver razão, haverão malucos tentado desesperadamente destrui-la.:-)
E, fala sério, recomendar a leitura da biblia como fonte de informação, é demais..:-) Na verdade, lida com atenção, a biblia é um dos maiores estimulos ao ateísmo e a razão..:-)

Um abraço.

Homero

12:54 AM  
Anonymous Willian said...

Belo blog, conheco a pouco tempo, mas acredito que esta eh a maneira certa de se abordar um tema serio como o ceticismo: com bom humor.
No filme Contato fala-se que a grande maioria das pessoas acredita em um ser superior (creio que o filme diz 98%). Nao sei se este dado eh verdadeiro, mas nos alerta que precisamos de mais iniciativas como esta.
PS: belo trabalho, este dragao.

1:05 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

free webpage hit counter