31.7.05

Que %!#* está acontecendo na UNB?

Para quem acha que esse blog está muito paradão, minhas desculpas. É que tenho passado os últimos dias preparando o artigo que apresentarei na Argentina, durante a I Conferência Iberoamericana sobre Pensamento Crítico. O pior é que, além de escrever o trabalho, ainda tenho que estudar espanhol para conseguir apresentá-lo...

O título do trabalho é "A Pseudociência na Universidade Brasileira". Confesso que quando decidi pelo tema estava um pouco preocupado de que talvez não houvesse tanta coisa assim que pudesse ser abordada. Na época, pelo que me lembro, eu e o Taschetto reunimos só uns três casos mais graves que mereciam ser citados: um flerte da Unifesp com o Design Inteligente, uma pesquisa científica que apontava para a eficácia da imposição de mãos no tratamento de camundongos e uma desastrada pesquisa sobre astrologia da UnB. Achei que isso seria pouco para um artigo internacional. Pois eu estava muito, muito enganado... Minha preocupação, que era reunir material suficiente para um modesto artigo, atualmente tem sido cortar excessos para fazer a apresentação caber nos vinte minutos que terei. Até o momento, a maior parte da apresentação concentra-se na estonteante situação da UnB.

Há alguns anos, em nome de uma tal "interdisciplinaridade" - buzzword do momento (que ultimamente tem feito disparar o meu detector de pseudociência) - a UnB criou o NEFP, Núcleo de Estudos de Fenômenos Paranormais. O que, a princípio, parecia uma idéia interessante, logo se revelou um verdadeiro cavalo de tróia, com o qual astrólogos, ufólogos e terapeutas holísticos têm assaltado a universidade.



Vejam por exemplo o professor Álvaro Luis Tronconi, PhD em física e membro do NEFP. Tronconi ministra na UnB o curso de extensão em “Ensaios Parapsíquicos”, onde ensina coisas como viagem astral, regressão a vidas passadas, chacras, interpretação de sonhos e retrocognição. No NEFP sua "linha de pesquisa", digamos assim, são os fenômenos mediúnicos. Tronconi estuda o famoso médium entortador de colheres Luiz Carlos Amorim. À imprensa Tronconi já declarou: “Queremos saber por que a força do pensamento desorganiza a configuração dos átomos dos metais e se ela pode ser identificada e calculada como se faz com a energia elétrica, que não conhecemos por inteiro, mas todos acreditam que existe e a usam”.

E lá se vai o ponteiro do meu pseudocienciômetro! É claro que há poucas coisas, se há alguma, que conhecemos por inteiro na ciência. Mas comparar a velha conhecida energia elétrica com uma suposta energia do pensamento que nunca foi sequer identificada é uma falácia sem tamanho.

Agora tente decifrar esta outra pérola de Tronconi: “Se podemos melhorar nossa oratória, também podemos dominar a bioenergia e usá-la para nos teletransportar ou curar doenças”. Um doce para quem conseguir inserir esta frase em um contexto aceitável.

Dia 13 de agosto começa na UNB o I Encontro Nacional de Astrologia. Um dos trabalhos apresentados intitula-se "Encontro com Médiuns Notáveis". É possível que para decidir o que é um médium "notável" os pesquisadores da UnB se baseiem na pesquisa conduzida pelo ex-coordenador no NEFP, o psicólogo Joston Miguel Silva. Joston estudou durante oito anos 13 pessoas que diziam possuir alguma habilidade paranormal, entre eles Amorim e Thomas Green Morton. Dos 13, o pesquisador da UnB confirmou as habilidades de cinco. Outros cinco tiveram seus poderes parcialmente comprovados e sobre os três restantes não houve nenhuma conclusão. A técnica de Joston para validar os paranormais? a kirliangrafia, em que se usa uma Máquina Kirlian para fotografar a aura do sujeito. (pausa para reajustar a escala do meu pseudocienciômetro).

Vamos esperar para ver. Estou particularmente ansioso pelo trabalho do atual coordenador do NEFP, Paulo Celso dos Reis Gomes. Paulo Celso fará a "Apresentação das Pesquisas Realizadas pelo NEFP". Considerando a produção científica do NEFP até o momento, será uma palestra bem curta, o que não deixa de ser uma boa notícia.

10 Comments:

Anonymous Delerue said...

Muito bom, Widson. O tema é mesmo muito interessante, além de extremamente útil. Tô curioso pra saber a repercussão.

A propósito, não sei se ajuda, mas é ensinado em praticamente todas as universidades de Propaganda e Marketing que já ouvi falar as tais 'mensagens subliminares'. O mesmo blá-blá-blá de sempre, mas com um agravante curioso: na ESPM de Campinas (o caso mais próximo que ouvi falar), os alunos são obrigados a decorar a lei (?) que proibe o uso de 'mensagens subliminares'. Ocorre que essa lei simplesmente inexiste; o que existe é uma ONG chamada CONAR, que no seu artigo 29 diz que, apesar de não haver comprovação da eficácia (!), qualquer tentativa de 'mensagem subliminar' é proibida (!!!). Eu salientei isso naquele artigo. A ONG não tem qualquer poder jurídico; funciona apenas como intermédio entre quem denuncia problemas relacionados à propagandas e quem efetivamente avalia as acusações. O Código Brasileiro de Auto-Regulamentação Publicitária, responsável por essas avaliações, e onde o CONAR se baseia, nem mesmo cita a palavra subliminar. Isso para não lembrarmos que o Calazans costuma dar suas insanas palestras justamente em universidades.

Mas os absurdos universitários são inúmeros. Eu mesmo já aprendi no meu curso de Cinema que a Teoria de Darwin era racista. Já estudei método científico sem nem ouvir falar em Popper ou Kuhn. E o que dizer da idéia EXTREMAMENTE difundida nos cursos de ciências sociais que prega que o resultado dos estudos científicos têm seu resultado espelhando na subjetividade do pesquisador? É extremamente difícil conhecer um aluno de ciências sociais que não seja relativista. Muito triste...

3:41 PM  
Anonymous Fernando said...

Ratzinger também apóia o ID. Krauss tá cutucano o velhote para ver se ele declara como Papa isso, vamos ver...

7:00 PM  
Anonymous Ivo Mendes said...

Velho, boa sorte, você vai precisar....rs, infelizmente o mundo é dos olhos, os ilusionistas mal intencionados se destacam como paranormais...

Ivo

11:31 AM  
Blogger MarcosX said...

Olá a todos,
Widson, meu caro, vamos aguardar, vamos aguardar ...
De repente, pode até sair algo interessante, afinal, é por aí que a Ciência avança ...
Abraços a todos !

1:50 PM  
Anonymous Statman said...

Fiz esse tal curso do Joston só para ver qual era a dele. Minha impressão foi a de que ele era um crédulo tentando justificar as coisas pelo método científico, isto é, dadas as conclusões, quais fatos a suportariam. Não me convenceu. Seus experimentos eram cientificamente ruins. Não convenceu outros alunos mas, certamente, convenceu outros estudantes mais "zen" e algumas pessoas que não eram da comunidade universitária. Se de cada 100 ele convencer 1, teremos muito trabalho pois todos sabem como é difícil acabar com certas crenças.

10:29 PM  
Anonymous Statman said...

Ainda sobre o Joston, ele teve cassado o direito de exercer a profissão de psicólogo, devido ao métodos heterodoxos que usava. Sempre argumentou que os métodos dele eram mais científicos do que... adivinhem: psicanálise!

Como sabem, psicanálise é a pseudociência mais difundida nas universidades. Nem as agentinas estão livres dela!

5:02 AM  
Blogger widson porto reis said...

Disponibilizei o artigo que escrevi para a apresentação aqui: http://homepage.mac.com/widson/FileSharing7.html

7:15 PM  
Anonymous Daniel said...

Eu Fazia Física na UNB. Posso garantir que esse Tronconi é aquele típico professor picareta, não dá aula, não sabe nada (não sabe MESMO), deu sorte em conseguir o Doutorado (dependendo da área qualquer um consegue) e usa a física pra vender seu curso. VENDER, pq ele cobra pra ficar falando de "Bioenergia" usando "provas" científicas, enganando um monte de imbecis.
Gente tipo ele tem que ser colocada na fogueira.

2:17 PM  
Anonymous Anônimo said...

olá
vcs podem falar ,mas a verdade ,é , que tenho 3 cursos universitários e duas pós ... QIcomprovado,bem além da média Tbm tenho "esta situação de paranormalidade".Garanto, mediunidade não é.
Não morrí nos(3)maiores desastres aéreos ocorridos, pq acatei o "não vá".Pelo que eu olvidei,insistindo em desacreditar que fosse ocorrer comigo, pago caro até hoje.Tanto que,quem sabe da minha paranormalidade,sempre pergunta alguma coisa.Mesmo políticos(de presidente a vereador)brasileiros ou do exterior,ricos ,pessoas da classe média , empresários, colegas de trabalho , familiares,perguntam em qualquer lugar que me encontrem e isto desde que eu era bem criança..
Políticos já se salvaram de morrer pq avisei, até mais recente ,neste vôo de Manaus.
Logo ocorrerão duas mortes,uma trará gde abalo,o outro é um ex-familiar.Comentei com uma pessoa , acho até que ela avisou o primeiro , pq ele se mudou do local de trabalho e foi viajar,mas não vai resolverporque deveria fazer outra coisapara não acontecer o que vem.
Eu não vou avisar nenhum.
São pessoas que não acreditam ,então tbm vou me poupar.E de agora pra frente não vou nem comentar mais nada sobre o que eu souber ,mas vcs entendam que,ser paranormal ,não é no momento que se quer ,nem estar meditando:acontece dormindo ou qdo se está até distraída, "vem como um filme e vai" em segundos..ah e eu nunca cobrei nada , nem ganhei nada, nem aceito nada por isso.Tenho uma profissão e vivo dela. Apenas é muito difícil saber o que vai acontecer, a luta por avisar e impedir que aconteça,ou dar uma alternativa,ou não conseguir impedir o que vai acontecer porque a pessoa não acredita e não usa a alternativa de saída.
O professor está certo em estudar estes fatos,há uma resposta científica para tudo,iniciando pela afirmação "ver o futuro"...como se diz dos paranormais ...o relógio foi inventado .Para o universo não existe 24 horas , dia e noite , presente ,passado , futuro.
O homem viaja pelo espaço sideral e de lá ele não vê dia e noite , vê uma sombra sobre a Terra ,que daqui chamamos noite . Mas qdo o homem foi à Lua , ele só viu um planeta azul , que ele chamava Terra. O Hubble vê outros planetas no espaço e muito mais , não encontrou o tempo , o presente , nem o passado,nem o relógio das horas e nem o futuro....//

2:52 AM  
Blogger ALopes said...

Ouvi uma propaganda dessa instituição numa rádio do Vale do Paraíba:
http://www.uhb.com.br/

11:37 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

free webpage hit counter