7.1.08

O Guia Cético para assistir a "O Segredo" - Parte 3

Este é o derradeiro final de "O Guia Cético para Assistir a 'O Segredo'". Talvez antes de continuar você queira conferir as partes 1 e 2.


00:44:15



"Imaginação é tudo. Ela é a prévia daquilo que a vida atrai."

Albert Einstein

Esta frase de Einstein de fato está disseminada pela Internet, então não se pode acusar Rhonda Byrne de tê-la inventado ou retirado do contexto como as outras. Mas assim como a frase de Emerson que abriu o filme, esta também não é encontrada em nenhum dos livros ou discursos do físico. Considerando-se ainda que o estilo é um pouco moderno demais, o mais provável é que esta seja mais uma das inúmeras citações bastardas que fazem parte do folclore relacionado a Einstein.

00:58:55

"É importante reconhecer que nosso corpo é realmente o produto dos nossos sentimentos. (...) Nós conhecemos o efeito placebo: o placebo é alguma coisa que supostamente não tem nenhum efeito em nosso corpo, como uma pílula de açúcar. Você diz ao paciente que ele é uma droga verdadeira e o que acontece é que o placebo tem o mesmo afeito, se não maior às vezes, do que o medicamento que seria indicado. Assim eles descobriram que a mente humana é o maior fator de cura na arte de curar."

Surpreendentemente, neste ponto "O Segredo" quase acerta. Se não fosse pelo que está tentando sugerir nas entrelinhas, John Hagelin teria finalmente acertado a mão.

Realmente o placebo apresenta resultados formidáveis em algumas situações: aparentemente funciona em cerca de 30% dos casos de dor, em 40% dos casos quando o paciente acha que está tomando Viagra e em até 50% quando usado no lugar do Prozac (alguns pesquisadores chegam a dizer que todas as drogas contra a depressão funcionam pelo efeito placebo).

John Hagelin portanto está certo em uma coisa: a disposição mental de um paciente, suas esperanças e crenças, são sim um fator poderoso em qualquer tratamento médico. Se bem que isso nunca foi nenhum Segredo...

Agora vêm os "poréns".

Porém Um
: é muito difícil dizer qual a extensão real do efeito placebo. Existe um monte de doenças que se curam espontaneamente, ou que vão e vêm em ciclos, como alergias, dores musculares, enxaquecas, crises de depressão e outras (existem doenças que o paciente nem sequer tem, são fruto de sua imaginação, como no caso extremo dos hipocondríacos). Outras doenças têm um componente psicológico tão grande que se resolvem só com um pouco de atenção e cuidado genuíno do médico (coisa cada vez mais rara) ou com o ritual mágico de um curandeiro (coisa cada vez mais comum). E na maioria das vezes o que placebo faz é estimular uma mudança saudável de hábitos e um empenho maior no tratamento. A cura nesse caso não vem do placebo mas da confiança que se deposita nele.

Porém Dois: em muitos casos o placebo simplesmente não funciona. Trate um diabético com soro fisiológico em vez de insulina e ele definhará, por maior que seja sua crença no tratamento; dê um anticoncepcional de farinha a uma mulher e ela terá as mesmas chances de engravidar do que outra que não tomou nada.

Porém Três: o efeito do placebo nunca é maior do que o efeito do medicamento de verdade. É justamente assim que se sabe quando uma droga funciona mesmo, comparando-a com o placebo. Se chá de catuaba misturado com pó de chifre de rinoceronte incrementa a ereção de alguém tanto ou menos do que uma pílula azul de açúcar então a beberagem também é um placebo.


01:00:54

"Nós temos milhares de doenças lá fora. Elas são apenas o elo fraco da corrente. Elas são todas o resultado de uma coisa apenas: stress. Quando você coloca tensão na corrente você coloca tensão no sistema e um dos elos se parte. Nossa fisiologia cria doenças para nos dar feedback, para nos fazer saber que estamos desbalanceados, que não estamos amando, que não somos gratos. Por isso os sinais corporais e sintomas [de uma doença] não são algo terrível.

A questão que é freqüentemente perguntada é: quando uma pessoa manifesta uma doença no templo do seu corpo, ela pode ser curada através do pensamento positivo? A resposta é absolutamente sim!"

Realmente existem evidências bastante fortes mostrando relação entre stress e doenças como depressão, síndrome do pânico, asma, herpes, doenças do coração, obesidade, problemas estomacais etc. Mas daí a culpar o stress por todas as disfunções psicológicas, síndromes, infecções, viroses, doenças degenerativas, congênitas etc é um exagero que não têm respaldo da literatura científica.

Pior que dizer que todas as doenças são causadas por stress é afirmar que desenvolvemos doenças por sermos mal agradecidos ou por não estarmos enamorados com o Universo. Ninguém precisa pensar muito para ver que há alguma coisa errada nessa idéia. Afinal bebês recém nascidos, novos demais para serem tanto estressados quanto ingratos, também adoecem. De fato, a maior incidência de câncer em crianças ocorre entre zero e quatro anos de idade.

E para quem insistir nessa idéia eu tenho uma novidade: animais também ficam doentes! Galinhas ficam gripadas, gatos têm diabetes, peixinhos dourados têm cálculo renal, chimpanzés contraem HIV da mesma maneira que a gente, e a taxa de incidência de câncer entre os cães é quase a mesma que entre os humanos. Tudo bem que um animal pode ficar tão ou mais estressado que um homem, mas acho que ninguém acredita que a fisiologia canina cria doenças para que os cães saibam que precisam ser mais gratos por sua ração.

01:02:36

"Nós nascemos com um programa básico, chamado auto-cura. Se você tem um ferimento ele sara; se você pega uma infecção seu sistema imunológico entra em ação, elimina aquela bactéria e se cura. O sistema imunológico é feito para se curar. A doença não pode viver num corpo que está num estado emocional saudável. Seu corpo está criando milhões de células a cada segundo. Na verdade, partes inteiras do seu corpo são trocadas literalmente a cada dia. Outras partes levam alguns meses, ou anos para serem trocadas, mas dentro de alguns poucos anos nós temos um corpo inteiramente novo!"

Não, nosso corpo não foi feito para se curar e não, você não tem um corpo novo a cada temporada.

Mesmo que uma vida emocionalmente regrada operasse milagres isso não poderia curar nem doenças degenerativas do cérebro, como o mal de Alzheimer, nem distrofias musculares, uma vez que, diferentemente das células de outros tecidos, as células do sistema nervoso e as dos músculos nunca se renovam (é verdade que estudos mais novos têm mostrado que a neurogênese é sim possível em certas regiões específicas do cérebro, ao contrário do que se acreditava, mas isso não quer dizer que estas células têm um ciclo de renovação como o filme afirma).

Quanto à alegação de que pessoas emocionalmente saudáveis não ficam doentes, existem tantas maneiras de testá-la que é até difícil escolher uma. Nós poderíamos por exemplo fazer com que a Pessoa Mais Feliz do Mundo ingerisse uma cápsula com o vírus Ebola tratando-a unicamente com musicais da Disney, tipo o "High School Musical". Como normalmente menos de 10% das pessoas infectadas pelo Ebola sobrevive, será relativamente fácil verificar se a felicidade pode realmente expulsar o vírus.

01:03:49

"Pensamentos alegres levam a uma bioquímica alegre, um corpo mais feliz, mais saudável. Pensamentos negativos, stress, degradam seriamente o corpo e o funcionamento do cérebro."

O que é uma bioquímica alegre? Só uma figura de linguagem infeliz, do tipo que abunda na Superinteressante, ou realmente enzimas saltitantes cantarolando "Age of Aquarius" enquanto processam carboidratos no ciclo de Krebs? Exagero meu talvez, mas não se esqueça que John Hagelin estava naquele outro filme, que mostrou ao mundo células dançando polka numa festa de casamento...

Até onde se sabe pensamentos alegres não disparam alterações bioquímicas no corpo, em vez disso eles estimulam o cérebro a produzir certas substâncias associadas ao prazer como dopamina e endorfinas, que têm o feliz efeito de provocar alívio de dores e atenuação dos sintomas de algumas doenças.

É claro que pensamentos negativos não são bons para ninguém, mas sozinhos não podem ser culpados por provocar doenças. Se fosse assim os hipocondríacos -- pessoas que pensam o tempo todo que estão doentes e não acreditam quando o médico lhes diz o contrário -- manifestariam doenças reais e não imaginárias, como é quase sempre o caso.

01:04:09

"Remova o stress fisiológico do corpo e o corpo faz o que ele foi projetado para fazer: ele se cura."

A não ser que você acredite que o homem foi feito de barro no sexto dia de uma semana bem movimentada, esqueça essa idéia de que nosso corpo vem com um mecanismo de cura universal projetado por um designer cósmico.

Repetindo: nosso corpo não foi feito para se curar. O único motivo das pessoas hoje não morrerem aos milhões com um simples resfriado é porque... as pessoas já morreram aos milhões no passado com um simples resfriado! É assim que funciona a evolução pela seleção natural: aqueles que sobrevivem a uma praga por serem naturalmente resistentes a ela têm uma boa chance de passar esta imunidade aos seus descendentes. Esta é a sobrevivência do mais apto, de que falava Darwin.

Por exemplo, os índios da América não morreram como moscas quando os europeus invadiram suas praias por causa de uma crise de depressão coletiva (que seria até justificável se eles soubessem que seriam convertidos ao catolicismo à ferro e a fogo e depois de alguns séculos estariam vendendo miçangas nas estradas....). Morreram porque foram expostos a novos tipos de vírus -- principalmente Influenza (o vírus da gripe) e varíola -- para os quais não tinham ainda imunidade (sobre isso recomendo o excelente livro "Armas, Germes e Aço" de Jared Diamond). O mesmo aconteceu mais tarde com a gripe espanhola, que matou 5% da população do planeta no início do século. Se um designer planejava nos projetar resistentes a todas estas doenças desde a versão 1.0 ele fez um péssimo trabalho de engenharia...

01:11:01

"Uma das questões que eu recebo quase todo o tempo e que provavelmente está na sua cabeça agora é 'bem, se todo mundo usa o segredo e todos tratam o universo como um catálogo nós não vamos acabar com tudo? se todo mundo for ao caixa ao mesmo tempo isso não vai quebrar o banco?'

"A beleza do ensinamento de o segredo é que há mais do que o bastante para todo o mundo. Existe esta mentira, que age como um vírus na mente da humanidade, e esta mentira é que 'não há o bastante para todo mundo'; que há falta, que há limitação, que não há suficiente. Esta mentira faz com que as pessoas vivam com medo, ganância, avareza e estes pensamentos se tornam sua experiência. Assim o mundo tomou essa pílula do pesadelo [aqui o filme mostra um contigente militar indo à guerra]. Mas a verdade é que há o bastante para todo mundo; há mais do que o bastante de idéias criativas, há mais do que o bastante de amor, há mais do que o bastante de alegria."

Idéias criativas e amor, uma ova! Citando os Beatles, as melhores coisas da vida são de graça, mas você pode deixar isso para os pássaros e abelhas; agora me dá meu dinheiro que é isso é o que quero!

É um (triste) fato, não uma mentira ou um vírus: não há recursos naturais suficientes no planeta para sustentar indefinidamente as atuais taxas de crescimento econômico, tomando como base o padrão de consumo americano. Na verdade, os economistas estimam que se toda a população do mundo de repente começasse a consumir e gerar lixo nas mesmas quantidades que os EUA, seria necessário que nosso planeta fosse seis vezes maior.

01:12:19

"Todo grande mestre que já andou por este planeta nos ensinou que a vida deveria ser abundante. E assim, toda vez que nós pensamos que os recursos estão acabando, nós achamos novos recursos para fazer a mesma coisa."

Pode ser, pode não ser. Mas provavelmente no tempo dos grandes mestres nem todo mundo sonhava em ter banheiras de hidro-massagem em casa ou Hummers na garagem.

01:14:21

"Pense nisso por um instante: pegue sua mão e olhe para ela. Sua mão parece sólida mas não é. Se você a colocar num microscópio apropriado verá uma massa de energia vibratória".

É difícil entender aonde o sujeito que disse que não sabia o que era a eletricidade quer chegar, mas mesmo que você metesse a sua mão debaixo de um Microscópio Eletrônico de Tunelamento (o que a rigor não seria possível de qualquer maneira, mas aqui eu estou sendo apenas chato), você poderia no máximo resolver os átomos que compõe a superfície da sua mão, nunca veria alguma coisa parecida com uma "massa de energia vibratória".

Só para constar: energia não é uma entidade que pode ser observada, no sentido em que se observa uma pedra caindo ou um átomo. Mal comparando é como observar o vento, você não o vê diretamente, apenas vê o seu efeito nas coisas.

01:14:33

"Tudo é feito exatamente da mesma coisa, seja sua mão, seja o oceano ou uma estrela. Tudo é energia. E deixa eu te ajudar a entender isso: existe o Universo é claro, e nossa galáxia e nosso planeta, e então tem as pessoas e dentro delas, o orgãos, e as células e então vêm as moléculas, e os átomos e dentro deles há energia. Logo, há um monte de níveis sobre os quais falar, mas no final tudo no universo é energia."

"Não importa em qual cidade você vive, você tem energia em seu corpo, energia potencial, para iluminar uma cidade inteira por aproximadamente uma semana"

Vamos começar pelo final, que parece alguma coisa que o Morpheus disse em Matrix enquanto segurava uma pilha Duracell. O Brasil consome aproximadamente 2.000 kWh por pessoa anualmente (este número é seis vezes maior nos EUA). Fazendo as contas para quanto uma cidade de 1 milhão de habitantes consumiria em uma semana, dá mais ou menos 40 milhões de kWh. Deixa eu ver... nop, não há como extrair essa energia elétrica de um único corpo humano (a não ser é claro que você se lance dentro de um reator de fissão nuclear, mas eu acho que pouca gente está disposta a fazer isso).

A NASA, que por motivos óbvios tem o maior interesse em conseguir aproveitar a energia corporal nas viagens espaciais, calcula que uma pessoa dormindo pode gerar até 81 W de energia aproveitável, uma pessoa andando 163 e um maratonista 1048, o que daria no geral, calculam, uns 11 kWh por dia. Isso dá menos de 80 kWh em uma semana (na prática esse número seria muito menor pois é impossível com os meios atuais transformar a energia corporal em eletricidade com 100% de eficiência; por exemplo, os materiais termoelétricos existentes hoje só conseguem converter 3% do calor do corpo), muito abaixo dos 40 milhões necessários para manter uma cidade.

O outro erro é dizer que a energia está dentro dos átomos. Como Einstein mostrou com sua famosa expressão E=mc^2, matéria é energia. O que isto quer dizer é que a massa pode ser considerada como uma forma de energia (mas não o contrário); isto não quer dizer que se você observar a matéria em um microscópio muito poderoso chegará ao ponto em que verá a energia.

[Atualização] Realmente a Teoria das Cordas ("String Theory") ou como é mais comumente chamada hoje em dia, Teoria do Tudo ("Theory of Everything" ou "TOE"), defende a idéia de que a matéria é constituída não de partículas, mas de absurdamente minúsculos campos de energia vibratórios (as tais "cordas"). Infelizmente esta teoria, apesar de sedutora por unificar a teoria da relatividade e a teoria quântica, ainda não foi comprovada experimentalmente (alguns duvidam que possa ser um dia) nem fez nenhuma predição que pudesse ser observada, por isso continua à margem da física.

1:17:38



"Todo o poder vem de dentro e portanto está sob seu controle."

Robert Collier

Depois de Einstein, Buda e Graham Bell você poderia se achar na obrigação de conhecer esse tal de Robert Collier. Fique tranquilo: Collier é somente mais um autor de livros de auto-ajuda bem conhecido pelos íntimos do Novo Pensamento. Citá-lo tem mais ou menos o mesmo valor que citar a própria autora de "O Segredo".

01:20



Novo festival de caretas do Fred. Parece que alguém está precisando se alinhar ao Universo ou não vai ganhar filme novo esse ano...

01:24:08

"Lembre-se que nós usamos somente 5% do potencial da mente humana. Cem por cento podem ser alcançados com treinamento adequado. Agora imagine um mundo em todas as pessoas usam totalmente seu potencial mental e emocional. Nós poderíamos ir a qualquer lugar, fazer qualquer coisa, conseguir qualquer coisa."

Já chegando ao final do filme John Hagelin lança mão do batido mito de que o homem só usa 5 ou 10% do cérebro (eu estava esperando que isso viesse mais cedo, afinal este é o maior suporte para as teorias mirabolantes sobre poder da mente).

O maior problema deste tipo de mito é que para dizer que alguém usa apenas 5 ou 10% do potencial da mente humana é preciso estabelecer quanto é 100% e ninguém imaginou ainda uma maneira de fazer isso. Por exemplo, como você vai virar para o Pelé e dizer que ele só usava 5% do potencial da mente dele para jogar futebol? Ou dizer pro Beethoven que ele só estava usando 10, ou 20, ou x porcento do potencial da mente dele quando compôs a Nona Sinfonia?

Em outras palavras, qualquer medida do potencial da mente humana será sempre arbitrária. John Hagelin por exemplo arbitrou vagamente que com 100% nós "poderíamos ir a qualquer lugar, fazer qualquer coisa". Se isso incluir a capacidade de se teletransportar para outro planeta então acho que estamos ainda muito aquém dos 5%...

O Alexandre Taschetto escreveu um ótimo artigo sobre este mito no Projeto Ockham.

1:27:41



"Sinta-se bem."




Agora que o filme acabou eu me sinto bem melhor, obrigado.


Conclusão
Guaribas no Piauí, escolhida como marco zero do programa Fome Zero, é um dos vilarejos mais miseráveis do mundo. Lá não tem água, energia elétrica, telefone público, um posto de saúde sequer, farmácia, e o esgoto corre a céu aberto.

Em Guaribas as crianças não sonham com bicicletas, sonham com água. Se as crianças de Guaribas assistissem DVDs ou conseguissem ler livros de auto-ajuda, poderiam aprender com "O Segredo" que tudo o que precisam fazer para conseguir água -- em vez de andar 14 km, ida e volta, todos os dias, às vezes duas vezes por dia, até um açude lamacento -- é contemplar diuturnamente a foto de um balde d'água. Um dia, quem sabe, o Universo providenciará para que o próprio presidente da república apareça às suas portas saltando de um reluzente caminhão-pipa.

Mas como as crianças de Guariba não sabem usar o Segredo nem têm o que comer e o que bebem é uma água barrenta infectada pelo lixo, a taxa de mortalidade infantil por lá só é comparável às das regiões mais pobres da África. A maior parte das mulheres de Guaribas já perdeu pelo menos um filho. Rhonda Byrne poderia dizer a estas mães que seus filhos ficaram doentes porque eles, ou elas, não estavam suficientemente gratos pelo que o universo lhes oferece.

Extrapole este exemplo para qualquer rincão miserável do planeta e você verá qual o verdadeiro segredo de "O Segredo": que ele não passa de uma filosofia cruel que joga sobre os desafortunados, os doentes e miseráveis toda a responsabilidade por suas mazelas, enquanto libera os felizes, saudáveis e abastados da sua responsabilidade para com os primeiros.

E difícil entender porque uma filosofia tão egoísta veiculada em um filme tão ruim faz tanto sucesso, mesmo levando em conta sua massiva estratégia de marketing (que por aqui quer fazer da Ana Maria Braga a Oprah tupiniquim, com o livrinho "O Segredo por Ana Maria Braga"). Pois se em "Quem Somos Nós" a enganação e a pseudociência ficavam muito bem escondidas do leigo pela edição alucinada, os problemas de "O Segredo" afloram à superfície de uma maneira que qualquer um minimamente escolarizado pode ver (tanto que eu sei que este Guia Cético nunca terá a mesma importância do outro, sobre "What a Bleep Do We Know").

É claro que todo mundo (inclusive eu) quer saber como ganhar dinheiro sem trabalhar, emagrecer sem fazer dieta, conseguir um corpo bonito sem malhar, ficar inteligente sem estudar e ter cabelo sem fazer transplante capilar (tá, essa só eu e mais alguns). Mas só os fãs de "O Segredo" estão dispostos a não abandonar sua credulidade por coisas bobas como lógica e bom senso.



The End.

61 Comments:

Blogger AkitaOnRails said...

"The Secret", "What the Bleep do we know", Igreja Renascer, bla bla bla, Tudo lixo. Ainda bem que nem todos os blogs são ignorantes. Parabéns pelo artigo, deveria haver mais assim.

8:13 PM  
Anonymous Domiro Losovoi said...

Widson, é uma pena que você não acredite na Lei da Atração, se você acreditasse, era só mentalizar a mega-sena acumulada, aí você teria mais tempo para se dedicar ao Blog.rsss
Brincadeiras à parte, belíssimo texto, é muito bom saber que existe um espaço em português dedicado a Ciência e ao Pensamento Crítico. Valeu!!

10:08 PM  
Blogger widson porto reis said...

akitaonrails, você consegue ser sempre um dos primeiros a ler meus textos!

Obrigado!
Widson

10:17 PM  
Blogger Wagner said...

Bom, muito bom, assim como os outros dois posts.
Por aqui em Brasília, o Bob Proctor, aquele fanfarrão, passou em novembro do ano passado rapelando cem contos dos trouxas que se admiraram pelas suas asneiras. (http://www.cerradomix.com.br/?idpaginas=20&idmaterias=292578)
Aí eu cheguei para os camaradas que gentilmente me convidaram para ver o filme na hora do almoço lá no trampo e perguntei: - E aí? Vocês vão???
E eles: Tô meio sem grana. (lol)
Olha, do fundo do meu coração, eu queria ir. Sabe, entender melhor a lei da atração. E se tivesse uma oportunidade, perguntar ao Bob como é que o bolso dele consegue atrair tanto dinheiro alheio... confesso que ando precisando!
Acho que o Bob, todas as noites antes de dormir, deve agradecer ao universo, de coração, por "atrair" tanto idiota pra perto dele.
Parabéns Wilson mais pelo excelente post.

1:07 AM  
Anonymous marcus vinícius said...

"(tanto que eu sei que este Guia Cético nunca terá a mesma importância do outro, sobre "What a Bleep Do We Know")"

Discordo. Quem sabe esse seu Guia Cético possa não ter tanta importância pelo fato de que What A Bleep vinha muito bem disfarçado, e muitas pessoas acreditavam simplesmente por não entender bulhufas do que ele queria dizer, mas ficavam convencidas com os argumentos "científicos" do mesmo :D

Agora, esse seu Guia Cético sobre o Segredo é um favor a humanidade, considero ele de certa forma mais importante pelo grande número de pessoas adeptas da Lei da Atração e de seu imenso egoísmo, que eventualmente possam parar aqui, ler, e talvez se dar conta da babaquice que acreditavam.

Valeu a pena a espera por todas as partes. Excelente post :)

Abraço.

1:25 AM  
Blogger Andarilho said...

Excelente texto, mas gostaria de fazer uma pequena observação. Quando o filósofo James Arthur Ray diz que todo grande mestre que pisou na terra disse para vivermos em abundância, ele diz a verdade: que vivamos uma vida abundante em amor, e que nos desapeguemos das coisas materiais ao ponto de qualquer coisa ser abundante (não sei se fui claro o bastante). Acredito que isto seja possível, e até mesmo louvável: imagine como isto não seria útil para um prisioneiro de campo de concentração, onde tudo era racionado(recomendo a leitura do livro "Em Busca de Sentido: um Psicólogo no Campo de Concentração", de Vitor Frankl para compreender melhor esta situação). Entretanto, o filme nos leva a entender que "abundância" é ter dinheiro, mulheres e bens materiais aos baldes.

1:32 AM  
Blogger Murilo Alexandre said...

Excelente texto (as três partes). Torço para que esse blog continue por muito tempo servindo como "uma luz na escuridão" do obscurantismo que nos aflige, e que ataca cada vez com mais força a internet...

8:33 AM  
Blogger deusenhist said...

Ei! Deixa eu explicar a parte sobre "abundância de tudo". Eles se referiam ao UNIVERSO, não à Terra.
Ou seja, vc usa seus 100% de poder mental pra se teletransportar para outro planeta e viver feliz com todos os recursos lá existentes, não esquecendo, claro, de levar foto de todos os aparatos necessários para que sua mente os crie automaticamente.

Fascinante.


Em tempo: Widson, tava com saudade dos teus textos.

8:33 AM  
Blogger Vanderson Rangel said...

Ótimo trabalho de desconstrução. Muito bom mesmo. Vc vai ter muito trabalho pela frente, esse filão é lucrativo e não vão faltar novos "segredos".

10:16 AM  
Blogger widson porto reis said...

Valeu Deusenhist, uma das minhas resoluções de ano novo foi me dedicar mais ao blog.

[]
Widson

10:42 AM  
Blogger Ananda said...

Estava ansiosa pela última parte!
Adoro teus textos! Muito bons!
Parabéns!

Ananda

11:41 AM  
Anonymous Dônovan F. Rodrigues said...

Não esqueçamos, entretanto, q crença cega em qqr coisa tb é fanatismo e devemos nós mesmos filtrar informações de acordo com nosso conhecimento.
No mais parabéns cara. Tava tb ansioso pelo fim.
Não sei se vc aceita sugestões, mas, acho q rolava de colocar mais artigos sobre questões perenes socialmente.
O melhor dos seus até hoje é " The more things seem to change...". "Canetadas papais" é a expressão memoravel para um Deus inventado.
Flw.

11:34 PM  
Blogger Alfredo Rebello said...

Excelente texto. Parabéns!

Mas pra queda de cabelo tem uma outa solução científica... se for calvície androgenética o dermatologista pode receitar Finasterida. Solução científica para queda...
:)
Abraço

2:28 AM  
Blogger Ron said...

Finasterida funciona (tá funcionando comigo, pelo menos)

O problema é que não posso mais doar sangue. O cara cai fora logo na triagem; eles alegam que a finasterida tem 20% de chance de atrapalhar uma gravidez.

2:03 PM  
Blogger widson porto reis said...

Valeu a dica Alfredo.

Eu usei por um tempo mas ultimamente fiquei meio relaxado...

Ô Ron, tava sumido!

[]

2:23 PM  
Anonymous André said...

Cara, eu gostei da parte do nosso sistema imunológico ser ativado. Quer dizer que todos nós podemos virar o Wolverine? Que maneiro!

Será que se eu usar a Lei da Atração eu consigo que meus ossos também sejam revestidos de Adamantium? :)

3:39 PM  
Anonymous cesar said...

parabens widson pelo texto! tenhu 15 anos e estou me interesando pelo cetiscismo ( ja li e reli todo o site do projeto ockham) e gostaria que voce me indicasse alguns livros e sites pra ler, blz?

10:14 PM  
Blogger widson porto reis said...

Caramba, essa garotada de hoje é cada vez mais precoce. No seu tempo, Cesar, eu ainda lia revistas de ufologia e paranormal.

Seguinte, começa por "O Mundo Assombrado pelos Demônios" do Carl Sagan que não tem erro. Assiste também a série "Cosmos", você vai achar meio velhinho mas o conteúdo é apaixonante.

[]s
Widson

10:49 PM  
Blogger Ron said...

cesar, é melhor tu melhorares o teu português para teres maior credibilidade na hora de argumentar contra não ceticistas chatos que te pegam por qualquer detalhe :-)

e o domínio da língua ajuda qualquer pessoa em se expressar melhor

5:15 PM  
Blogger widson porto reis said...

Valeu Dônovan,

Voce até me deu uma idéia de fazer uma votação sobre qual texto o pessoal gosta mais.

[]s
Widson

8:38 PM  
Anonymous roelf said...

Grande Widson. Se eu tivesse lido teu artigo antes, o que eu escrevi no jornal teria ficado bem melhor.
Abraço!
Roelf

9:36 PM  
Blogger Messiah said...

É insuportável ouvir comentários e mais comentários bons desse livro que virou best-seller para os bem-confortados, com suas filosofias errônoeas e nada mais que utópicas. Eu costumo comparar com um livro do Richard Bach, Manual do Messias que falam de coisas bem mais viáveis e menos ilusórias.
Invés de "O universo te dará tudo", diz que "Trabalhe por"

Esse livro apenas mostra o quão facil é a credibilidade da maioria da sociedade.

12:21 AM  
Anonymous Tarcísio said...

Assisti ao Segredo e gostei. Sou um cara de mente aberta (até demais). Acredito e desacredito em muitas coisas... E gosto de ler e pensar em todas as direções (acreditar e ser cético...), tirar minhas conclusões ou ficar na dúvida... Mas minha pergunta aqui é a seguinte: Porque não comentou as histórias contadas no livro/dvd? Como da mulher que se curou do câncer de mama, ou o Miracle Man e as outras? Li os três artigos esperando você comentar sobre as histórias também, não somente as explicações dos "especialistas"...

3:13 PM  
Blogger widson porto reis said...

Tarcísio,

Infelizmente eu tive que deixar muita coisa de fora, tanto neste Guia quanto no sobre o "Quem Somos Nós", senão os artigos ficariam grandes demais e não atingiriam tanta gente quanto eu queria. Além disso se eu fosse colocar tudo mesmo, até hoje eu estaria escrevendo a parte 2 do Guia Cético de "Quem Somos"...

Como dizem "O ótimo é inimigo do bom" (ou em inglês, que fica melhor: "Best is enemy of Better")

Algumas coisas que eu cortei quase arrependido em "O Segredo" foram a parte do cara de gravata amarela que sempre achava vaga nos estacionamentos de shopping e do outro que, aplicando a lei da atração, um dia "lembrou", assim do nada, que tinha escrito um livro e que poderia ganhar dinheiro com ele......

Quanto a história da mulher que se curou do câncer eu não comentei porque a única coisa que eu dizer sobre isso é que histórias de pessoas que se curam expontaneamente não são tão raras quanto se pensa, mesmo entre os que não acreditam em nenhuma força superior. Algumas vezes os canceres simplesmente desaparecem tão inesperadamente quanto aparecem.

Já o Miracle Man, eu gostaria mesmo de ter comentado pois de certa forma ela mostra o oposto do que o filme quer fazer crer: que se pode conseguir alguma coisa simplesmente conteplando o objeto do desejo; ora o velhinho se dedicou ao tratamento como ninguém! ele acreditou e LUTOU pela recuperação, o que é muito diferente do que os caras do filme tentaram ensinar durante todo o filme.

[]s
Widson

9:05 PM  
Blogger Andréa Lèbre said...

O que mais me chocou no filme foi a história da bicicleta! O tal garoto que sonhava com uma, ganhou de presente do avô. Em outra cena, aparece uma bicicleta sendo roubada (apenas pq o dono resolveu colocar um cadeado - atraiu o ladrão com seu pensamento??). A pergunta que não quer calar é: será que o larápio não estava a serviço do avô do menino???? Afinal, está ou não tudo ligado?? Por favor! O tema é individualista, materialista e cruel, muito cruel.
Adorei o texto, ajudou a tornar minha revolta :-) mais consistrente. Mas, já posso ouvir meus amigos entusiastas do assunto usarem suas "hipóteses amebas": "ah, mas..".

1:01 PM  
Blogger Tulio said...

É muito bom saber que existe um site em português com tanto bom senso...

Sou um leitor um tanto esotérico, é bem verdade. Mas nem por causa da minha fé deixo o bom senso de lado... É triste ouvir tanta gente falando tão bem e endeusando esse filme!

Muito bom seu texto, cara! Obrigado por dedicar tanto tempo pra descascar o segredo: ele merece e população agradece :-D

1:22 AM  
Anonymous Anônimo said...

Parabéns! Estou me inscrevendo no rss do seu blog. Muito bom ler algo inteligente de vez em quando. Rss..

1:38 AM  
Anonymous Gava said...

Vejam mais em:
www.noergologia.com.br

4:47 PM  
Blogger Ron said...

SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM! SPAM!

(apaguem meu comentario junto, por favor)

4:48 PM  
Blogger widson porto reis said...

Acho que não é spam não Ron, tem um lance de "inconsciente criador" que deve ter a ver mesmo com "O Segredo"...

Acho que vou dar uma olhada quando não tiver nada, nada mesmo, pra fazer...

[]s
Widson

4:54 PM  
Anonymous Anônimo said...

Qualquer leitura seguida ao pé da letra de textos de auto-ajuda, romances, contos de fada, podem gerar muitos comentários irônicos ou piadas muito boas.
Ao contrário disto, uma leitura com visão geral, otimista e interpretação do texto de auto-ajuda, poderá sim ajudar as pessoas a verem as coisas de outra forma.
Achei seu artigo "primário".
Voce poderia encher as pessoas de vontade de viver e de ajudar os outros ao invés de dizer para nao terem esperança nenhuma, inclusive a respeito das crianças de Guaribas e sobre o lixo do mundo.
Acredito que a principal mensagem de O Segredo, é que simplesmente todos vivessem pensando que existe tudo em abundancia, nunca precisariamos ter inveja, sermos egoistas, roubar, matar, etc...

3:13 PM  
Blogger widson porto reis said...

Acredito que a principal mensagem de O Segredo, é que simplesmente todos vivessem pensando que existe tudo em abundancia, nunca precisariamos ter inveja, sermos egoistas, roubar, matar, etc...

Um homem que divide o pouco que tem, mesmo sabendo que provavelmente não tem o suficiente nem mesmo para si, me parece muito mais nobre que um outro que só divide porque acha que tem alguma coisa sobrando...

Por isso eu não gosto de acreditar que precisamos acreditar em uma mentira -- seja ela que tudo existe em abundância infinita ou que existe um deus todo poderoso que premia os bons e pune os maus por toda a eternidade -- para sermos pessoas boas.


[]s

4:05 PM  
Blogger Ron said...

corroborando o widson, é possivel perceber o ponto de vista do "anonimo" sobre o filme como uma distopia incrivelmente materialista onde todas as pessoas são mesquinhas e desprovidas de virtudes

é como se as pessoas só pudessem tratar bem as outras DEPOIS de terem seus desejos plenamente satisfeitos

é lamentável ver um filme patife desses mexer com a cabeça de tanta gente. sofremos um processo de burrificação e nossa educação está no buraco :(

4:38 PM  
Blogger widson porto reis said...

é como se as pessoas só pudessem tratar bem as outras DEPOIS de terem seus desejos plenamente satisfeitos

Exatamente. Ou depois ou antes, diante da promessa de uma recompensa eterna.

O que por vezes me irrita, é que quem tem este tipo de pensamento egoísta, geralmente se acha superior e mais ético do quem pratica o bem somente por inclinação intelectual.

[]s
Widson

10:49 PM  
Blogger Ron said...

na verdade é pura burrice. quem tem a mínima noção de sociologia ou de karma social vai perceber que a boa conduta sempre traz um bem maior para todos

mesmo que eu não tivesse boa índole e não tentasse ser uma pessoa boa, eu continuaria agindo direito por pura proteção e manutenção da minha credibilidade

ou seja, até para um porco calculista vale a pena "fazer o bem"

10:16 AM  
Anonymous André T. said...

Muito bom o texto. Tinha feito algo parecido citando algumas coisas que você também escreveu, mas de uma forma bem menos específica (até porque não tive coragem de alugar o filme e dar dinheiro para essa corja).

Quanto ao comentário do anônimo, o tal segredo não tem nada a ver com fazer o bem. Não é necessário imaginar o bem de ninguém, só o de si próprio (segundo a própria teoria).

Parabéns pelo trabalho de vocês.

10:10 AM  
Blogger C said...

Extrapole este exemplo para qualquer rincão miserável do planeta e você verá qual o verdadeiro segredo de "O Segredo": que ele não passa de uma filosofia cruel que joga sobre os desafortunados, os doentes e miseráveis toda a responsabilidade por suas mazelas, enquanto libera os felizes, saudáveis e abastados da sua responsabilidade para com os primeiros.

Fui só eu que achei que o segredo é uma versão mais light e menos clara da pseudo-ciencia/religião (ou uma religião que tem vergonha do que é e procura uma desculpa moderna) do espiritismo?

As bases do espiritismo são bastante similares:
A) A culpa não é minha. Na verdade os miseraveis/doentes/qualquer coisa que vc gostaria com acontecesse com os outros e não com vc/ é que são uns safados mal agradecidos que merecem se lascar.

B)A minha vida é como eu quiser que seja, pq eu escolhi assim. Há uma diferença ideológica aqui: o espiritismo prega o conformismo, "o segredo" prega o consumismo. O segundo vende melhor.

Resumidamente, "O Segredo" é aquilo que as religiões tiveram vergonha de fazer (pq alguem certamente pensou "puxa, isso é tão estupido que ninguém MESMO vai acreditar) que é o bom e velho "se comporte como nós pedimos e vc vai ter TUDO que sempre quis". Só que o Segredo não promete isso pra depois da morte, promete pra agora!

E por favor, alguem me explica o que é um "visionário" ?!? A principio eu pensei que devia ser um olheiro de time de futebol ou algo do tipo, mas seria coerente demais para algo como "o segredo"

Aproposito, descobri com o filme que preciso me mudar. Fiquei preso num engarrafamento por horas ontem mesmo junto com centenas, talvez milhares de motoristas. E tudo pq? Pq na mesma cidade o universo uniu o motorista de uma carreta que não teve pensamentos felizes e por isso virou (o que torna a vida da concessionaria da estrada muito mais tranquila) com outros 10.000 (numero chutado) motoristas que pensaram em se atrasar.

Poxa, gente que pensa em sofrer acidentes, dezena de milhares de pessoas pensando em se atrasar todas juntas, realmente não dá pra viver aqui. Espera, to tendo um pensamento positivo sobre me mudar, aposto que agora o universo esta sacaneando alguem que pensou mal da sua cidade e estão assinando um contrato de escritura no meu nome. Sim senhor, o bom e velho universo, vou sentar e esperar, a carta não deve demorar a chegar...

6:07 AM  
Anonymous Anônimo said...

Bem, tirando os fatos cientificos que, bebes se estressam no útero , e que alguns exames de imagens com pessoas fazendo "x" tarefas não conseguiram atividades cerebral superior que 8% , tá show!
abraço!

10:01 AM  
Blogger K said...

Em primeiro lugar, gostaria de parabenizá-lo pelo texto. Excelente apesar de alguns exageros, que no fim das contas são bem aplicados se for levado em conta todo o exagero em torno desse "segredo".
Gostei muito do confronto lei da atração x lei de Murphy.
Fico muito feliz em saber que há mais gente nesse mundo que não vai me dizer pra assistir o raio do filme, ou comprar o livro "que é baratinho, não vai pesar pra vc" porque isso somente vai mudar a minha vida e que acha esse discurso todo vazio demais.


A propósito, ao C, o filme não remete em nada ao espiritismo, uma vez que esta doutrina, apesar de pregar que as adversidades da vida foram sim escolhidas por cada um, não prega em nenhum momento a fé cega, ou o conformismo, tudo é encarado como um trabalho que faz parte do processo de evolução de cada indivíduo.

1:36 AM  
Anonymous Anônimo said...

TExto muito bom. Ótimo conclusão. Fico feliz em saber que não sou único que pensa que esse "segredo" é uma idéia tão vazia, que quem inventou isso só pensa em sí mesmo. Kleber

4:16 PM  
Anonymous Santaum said...

Para mim, foi novidade o "Segredo por Ana Maria Braga". Pensando bem, já era esperado essas correlações.

Confesso que não consegui assistir com minha namorada mais de 15 minutos desse filme. No trecho do colar que a mulher tava desejando e que depois conseguiu pela "força da atração", foi o ponto chave para deixar de assistir o resto.

Fico impressionado e concordo plenamente contigo como que várias pessoas acreditam no que vêem. Parece que é aquela história: se alguém ler um livro, parece que a verdade está nela. Ou qualquer coisa.

Para finalizar, uma coisa me deixa impressionado: como aqueles personagens conseguiram participar daquele filme? Devem ter sido muito bem pagos. É a prova viva da superação do marketing sobre uma falsa realidade.

De fato, o texto é EXCELENTE. Muito divertido, hehehhehehe!

Sua conclusão foi ótima.

9:09 PM  
Blogger Tide said...

oi, cai no teu blog por acaso e tirei um tempo pra ler tudo. Gostei da firmeza do pensamento do poder da argumentação. Imbatível quando se trata de pensar com base na ciência e da matéria. Alías vc é especialista.

Mas meu caro, vc ignora tudo o que não está visível e mt coisa te passa ao lado. Confesso que dei mt risada dos teus comentários. Principalmente quando queres compreender do ponto de vista da matéria questões abstratas e até metafísicas.

E mais fazes de todo o pessoal que lê ou defende ideias abstratas um banddo de lunáticos que se propõe a sonhar e a espera que as coisas acontecam. Nada mais erróneo.

Te escapou por completo o pq de se considerar lei ao poder da atracção que está em todos nós.

Mas respeito o teu ponto de vista, só acho que com base na ciência que se baseia em fatos observáveis e experimentáveis não é possivel debater determinados assuntos.

De outro modo eu pessoalmente acredito que as metodologias cientificas tão mudando e devem mudar para apreender realidades para além da matéria.

Mas de facto o segredo, não conta nada de novo, tudo o que está lá todos sabemos, não temos é a consciência. Ou vc vai me dizer que os mistérios sobre o ser humano estão todos esclarecidos?

O que eu penso é que os autores usam uma linguagem simplificada para debater um assunto que ultrapassa a compreensão comum e provavelmente a argumentação não é a mais comum e daí ser discutivel.

De resto para mim é otimo poder confrontar posições e ver as coisas de outros ângulos.

Bom debate.
1ove

9:41 AM  
Blogger Bruno said...

Rhonda Byrne conseguiu o que queria:ganhar dinheiro de pobres pessoas que não conseguem abrir os olhos.Parabéns Rhonda Byrne você conseguiu seu objetivo.

7:08 PM  
Anonymous Douglas Miranda said...

"É difícil entender aonde o sujeito que disse que não sabia o que era a eletricidade quer chegar(...)"

Deu uma crise de riso depois que li esse comentário... não me questionem, tem gente que acredita em duendes, eu acho eles engraçados.
Agora vou ali mentalizar a mulher do meu vizinho......... putz, vou ter que esperar, meu irmão já tá lá no banheiro! rsrs

10:34 PM  
Anonymous silvio said...

Estou admirado. Alexandre, se foi voce mesmo quem escreveu tamanho texto sozinho parabens, mas não sei se devo parabenizar sua dedicação ou seu ócio, que vendo voce falando sobre os polishops da tv suponho que não seja pequeno.
Concordo com a critica de que o segredo foi um grande produto estrategicamente pensado manipulando fontes e inventando outras. Belo texto, apesar de voce ter criticado as passagens com a mesma exacerbação com que o livro defende a atração. Não creio que tamanha furia e excesso de sarcasmo e ironia em seu texto tenha sido bom, mas o contrario, terminou por embobrece-lo. Ainda assim, admiro sua capacidade mental de observar os fatos e seus filtros criticos a inputs mentais. Decerto alguem com essa capacidade e de posse de um endereço eletronico com alta frequencia de visitas está sendo demandado para ideais maiores que criticar mais um sucesso das leis do marketing e da manipulação de massas com base em seus medos mais profundos. CAso esteja interessado em publicar para seus leitores um conteudo realmente relevante, real e alcançavel, por favor, entre em contato comigo pelo e-mail: silviofurtado00@hotmail.com, e poderemos analisar as possibilidades e quem sabe, enriquecer nossas ideias.
Um abraço.

5:51 PM  
Blogger RG said...

Excelente trilogia! Argumentação excelente, picuinhas divertidas, conclusões sensatas... A partir de agora sou assinante do seu feed! =)

Só gostaria de contribuir com dois comentários: a grafia correta é "wishful thinking". E eu acho que a tradução mais elegante seria "pensamento desejoso". "Desejoso" é atribuição para "aquele que deseja".

9:25 PM  
Anonymous graizick said...

grande texto. cheguei no teu blog por acaso lendo o ceticismo aberto e ja virei fã. o pior de tudo e quando teu chefe chega com uma coisa dessas numa "palestra" para incrementar as vendas..... mas o segredo deu muito certo para algumas pessoas.... a editora ta vendendo muuuito, a autora ganhando muuuuuuuuuuuuuiiiiittttttooooo, e muita gente comprando e esperando o universo trazer o que elas tem preguiça de ganhar trabalhando valeu vou continuar acompanhando e comentando

6:25 PM  
Anonymous alan said...

Então explica a recuperação milagrosa de Morris Goodman que aparece no filme. Ou dirá que se trata de outra fraude? Aliás, por que isso fugiu da sua análise crítica? Deixando o sensacionalismo de lado, o filme ensina que cada um é a conseqüência das suas ações, e ações provém de pensamentos. Ou ainda, aqui se faz, aqui se paga. É o que diferencia as pessoas bem-sucedidas e batalhadoras, donas do seu nariz, das medíocres que perdem tempo lamentando o passado e criticando os outros. Pode chamar isso de perseverança, fé, atitude, força de vontade... ou lei da atração. Cada qual com sua crença. Ou a falta dela, para os ateus que duvidam de tudo. Refletindo um pouquinho, a lei da atração procede sim. Teste prático? Encare um dia inteiro com bom humor, e um dia inteiro de mau humor. O que preferem? Qual é mais produtivo? O que traz melhores conseqüências para o seu futuro? Abraços.

8:08 PM  
Blogger widson porto reis said...

"refletindo um pouquinho, a lei da atração procede sim. Teste prático? Encare um dia inteiro com bom humor, e um dia inteiro de mau humor. O que preferem? Qual é mais produtivo? O que traz melhores conseqüências para o seu futuro? Abraços."

Como usual, você também náo leu todo o artigo antes de comentar. Leia a primeira parte da trilogia onde eu digo exatamente o mesmo que você e explico a diferença disso para o que o filme propõe.

8:15 PM  
Blogger Giovana Del Prette said...

Quanta paciência você teve para analisar esse amontoado de bobagens... O problema do Segredo é que o público se divide entre os que acreditam e os que acham tão ridículo que não têm saco de parar e argumentar sobre ele. Bom, como você publicou faz tempo, talvez já tenham lhe dito, mas aí vai: a expressão que você queria em português é "pensamento mágico". Abraço. Giovana.

1:40 PM  
Blogger zedmaster said...

De tanto eu mentalizar para entender a "Lei da Atração" , "O Segredo" etc, que encontro esse blog.
Viu como funciona.

kkkkkkk

Mto bom o seu texto.

11:57 PM  
Anonymous Jacques said...

Acho que o ceticismo nunca será algo fácil de ser assimilado pela maioria das pessoas.
É muito mais fácil acreditar que o ser humano é especial, pois assim todas as burradas que ele comete são perdoadas.
O Segredo vai na onda da pseudo-ciência com fins lucrativos.
Em resumo, uma grande bobagem.
Mas sempre vai ter gente que vai acreditar.
Fazer o quê?
Parabéns pelo site.
Até mais.

3:10 PM  
Blogger C Fernando Maciel said...

Parabéns pelo blog! Excelente conteúdo! Você consegue verbalizar exatamente tudo o que eu gostaria de falar para as pessoas, como não sou bom na palavra, vou começar a indicar seu blog para meus colegas.

11:30 AM  
Blogger Clauton said...

Na "obra" o segredo apesar de todas essas viagens, distorções e enganações dele, o livro de "auto-ajuda" ainda sim conseguiu "ajudar" algumas pessoas somente no caso de mudar alguns hábitos de pensamentos automáticos negativos, e também pararem de reclamar muito da vida, como também em ser gratos pelo que tem. Creio eu que ser gratos pelo que tem já causa um bem-estar quase que imediato nas pessoas, e vejo que falta isso no dia-a-dia delas. Então acho que um ponto "positivo" no livro, filme foi isso ensinar as pessoas a serem gratas prlo que tem independente de acreditar que vai atrair mais coisas ou não.

Bem, ótimo post parabéns aí, e obrigado por ter se dedicado seu tempo a fazer esse post grandioso literalmente rs. E o principal, proporcional entretenimento aos de mais...(eu particularmente ri "a beça" lendo rs)

12:33 PM  
Anonymous Yuri said...

Concordo com as críticas. Um fato simples explica tudo isso (as religiões e literatura de autoajuda): livros e filmes tais como O Segredo vendem muito por que? Porque há insatisfação e frustração e não o seu contrário (prometido pela obra). Se todas as pessoas que comprassem O Segredo fossem plenamente satisfeitas (e portanto dotadas do Poder de Atração), não estariam comprando o O Segredo... Exatamente porque há muita frustração e insatisfação, as pessoas adquirem O Segredo. Já há uma incoerência inicial: como a insatisfação atrairia a satisfação, isto é: como a frustração (a falta) é capaz de "atrair" justamente o seu contrário, a obra "O Segredo"? A própria teoria de O Segredo não explica o seu próprio sucesso no campo comercial... Compreenderam o ardil?

10:09 PM  
Anonymous Anônimo said...

... Seguindo meu comentário anterior, é exatamente NUMA ÚNICA MAS CENTRAL QUESTÃO, PARA MIM, QUE PONHO EM XEQUE MATE TODAS AS RELIGIÕES: aceitemos as suposições e verão a conclusão não bater:

1- Deus é o pai, portanto criou tudo, desde a ideia inicial até a sua execução última, absolutamente tudo. Não há nada fora de Deus. OK?
-> Logo: Deus também criou o mal, o sofrimento, a dor, pois o mal existe no mundo - e nada há fora de Deus. E pior: também criou o Demônio, expressão maior do mal, pois nada há fora de Deus.

2- Deus é o criador e ele É AMOR. DEUS É AMOR. Ele Ama a Humanidade. Tudo é amor, e só não vemos que tudo é AMOR, pois estamos em pecado ("pecado original" nos afastou de Deus, do AMOR, portanto)
-> logo a dor, o sofrimento, o mal, a violência, a morte é também expressão do AMOR de Deus. Mas como pode o ruim ser expressão do AMOR de Deus, se ao definirmos "AMOR", de imediato, excluímos o mal, o ruim, o sofrimento etc.? E não se pode defender que a Obra do mal cria o Bem...
-> Você ama seu filho. Você o deixa ser estuprado, roubado, mal-tratado, violentado, torturado? Quando seu próprio filho põe a mão no fogo do seu fogão, você apenas deixa rolar, sem intervir, pois "sofrimento também é aprendizado, e aprendizado é amor"?

ALGO ESTÁ MAL CONTADO NESSA HISTÓRIA... Ou Deus é criador, mas não é AMOR (é indiferente), ou não há sequer um criador.

10:26 PM  
Blogger Júnior Musskopf said...

Tudo o que está contido no livro é a mais pura verdade, tudo o que está no livro está na bíblia, cada um com sua linguagem, o pensamento e o sentimento de cada um cria seu futuro, isso se chama de consciência, o que acontece é que 99% da humanidade está tão atrelada ao materialismo que está completamente cega e engaiolada nesse mundinho material e sensacionalista, o dia em que nós reles seres humanos colocarmos nosso ego de lado aí sim poderemos começar a debater um pouco esse assunto, não adianta vir aqui, criar um blog e falar que a lei da atração é um monte de besteira, você mal percebe que ela já está funcionando com você meu amigo, pois se você declara que ela não funcionou com voce, não é que ela não tenha funcionado, o problema não é a lei e sim você, simples assim.

11:48 PM  
Blogger Louis Morelli said...

Júnior Musskopf Quando você vai deixar de ser uma torrente de palavras esvoaçando no ar e apresentar fatos ou evidencias que os humanos conhecem para que se interessem pelas suas palavras?

"...tudo que esta escrito no livro esta escrito na Biblia..." a qual e' outro livro escrito por vigaristas. claro, a vigarice também esta sob evolução, quando um vigarista pega o que outro fez e funcionou no tempo antigo para funcionar no seu tempo.
" cada um cria seu futuro..." Esta certo. Por exemplo, na cidade de Hiroshima todos os japoneses pensaram, agiram e criaram seu futuro de maneira idêntica.
"... isso se chama de consciência..." Mas o que você sabe de consciência se existe um exercito de neurologista tentando saber alguma coisa e todos os maiores gênios tentaram destrinchar este fenômeno?! Porque não revelastes o que sabes e não fostes buscar seu Premio Nobel?
"... 99% da humanidade atrelada... como burros". Hummm, e você se acha diferente, o 1% especial. Mas então porque não apresentaste ao menos 1% de substancia inteligente ao seu post para superar a substancia muito mais solida e inteligente do autor do blog?!
"...começar a debater este assunto...? Mas como se suas palavras nada dizem apenas são símbolos de suas ideias abstratas? Quais informações factuais valiosas você tem para um debate? Voce percebeu que existe uma forca natural que denominam de lei da atrcao e percebeu que ela esta atuando no autor do blog? Mas que tipo de sensor cerebral alienigena que voce tem no cerebro que eu nao tenho?!

Epaaaa! No nosso cérebro existe uma glândula desconhecida que 'e a antena dos insetos encolhida na evolução. Vendo o manual para reativar esta antena e captar todas as energias poderosas... Palavras do Profeta Musskopt... aquele que consegue ver a lei da atracão atuando no corpo das pessoas. Ora,.. nao entendo o que viestes fazer num ambiente racional, talvez sejas vendedor de livros ou CD`s do segredo?

11:17 AM  
Blogger Marília Verissimo said...

Excelente! Ai, essa bobajada toda "converteu" tanta gente, chegaram a brigar por causa dela... credo! É só uma picaretagem "feita para o que foi projetada": não se curar, mas ganhar dinheiro em cima da ingenuidade alheia.

9:40 AM  
Blogger Francisco Pestana said...

Este comentário foi removido pelo autor.

6:45 AM  
Blogger Francisco Pestana said...

Em "o Segrego", quase tudo o que foi dito está correto. Correto mas também muito incompleto. Na minha humilde opinião, era escusado colar a teoria opinada, à ciência natural, o que faz com que caia por terra toda a argumentação. O que deveria de ter sido dito era que a lei da atração foi comprovada empiricamente, todavia sem provas científicas, matematicamente comprovadas. Quem de nós nunca teve um desejo tão grande que o conseguiu concretizar? Ficou à espera que caísse do céu? Claro que não! O que eu quero dizer é que a probabilidade de se concretizar era baixíssima, contudo aconteceu. Quando no filme falam de frequência vibratória também deveriam falar de energia subtil, que existe, que se sente, mas que ainda não foi captada por qualquer aparelho e que portanto não pode ser provada. Em tempos as pessoas expostas a radiações contraiam doenças das quais não se sabia a origem. Viam-se os efeitos (nomeadamente no Raio X), todavia, não se conhecia a causa até que um dia Marie Curie descobriu a radiação. Criaram-se posteriormente medidores de radioatividade.
Quando se diz que um avião ao cair leva à morte de pessoas com pensamentos positivos. Pode ser verdade essa afirmação, mas não se pode provar que o contrário seja mentira.
E o que dizer de pessoas que se curaram de doenças das quais já não havia qualquer esperança de sobrevivência, e contra a qual os médicos nada podiam fazer? Contudo as pessoas salvaram-se só por acreditar que isso era possível!
"O segredo" teve um enorme retorno financeiro aos seus autores? Não era de esperar outra coisa! Então não haveria de ser um sucesso? Se o não fosse, cairia por terra toda a argumentação do filme e posterior livro!
Se a lei da atração é uma lei da natureza, tão precisa e previsível quanto a lei da gravidade? Reafirmo que colar a Lei da Atração às Ciências Naturais é um erro. Contudo existem ciências que estudam fenómenos que não têm comprovação matemática! Que dizer da Sociologia, da psicologia, da antropologia e em geral de todas as ciências sociais? Não serão, por ventura, consideradas ciências?
Bom, já vai longa a minha achega (não tão longa como a do autor do Guia Cético para assistir a "O Segredo")
Queria finalizar dizendo que a maior parte da argumentação de O Segredo é válida e deveria de ser mais estudada pelos nossos cientistas. Do meu ponto de vista, nem tudo o é 1+1=2 está correto e nem tudo o que é 2-1=0 está errado.
Fiquem bem.

10:08 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

free webpage hit counter