29.9.05

O Caçador de Fantasmas

Estou passeando pela livraria, quando vejo em grande destaque em uma das bancadas, o livro: "Como Caçar Fantasmas" de um tal Joshua P. Warren. Abro o livro ao acaso e a primeira coisa que leio me arrepia os cabelos da nuca como a assombração de uma menininha com os cabelos no rosto. Apressadamente peço uma caneta e um papel à vendedora e transcrevo o seguinte trecho, da página 83:

"Técnicos de som dizem que nós já possuímos a tecnologia para gravar uma conversa que aconteceu horas ou dias antes em um local. Ao falar, tudo o que você projeta são vibrações. O ouvido da outra pessoa interpreta as ondas como som. No entanto as vibrações que criam os sons nem sempre se dissolvem imediatamente. Algumas continuam a ricochetear na área por muito tempo depois de terem sido transformadas em sons pelo ouvido. Se fizermos gravações extremamente baixas em um local e depois as reproduzirmos numa velocidade ultra-alta, essas ondas podem ser restauradas para sua velocidade original. Como você deve imaginar esta tecnologia tem um valor especial para a comunidade jurídica.
Pelos bigodes do gato do Schrödinger! Mas será que não há limites para a picaretagem?! Será que qualquer amontoado de bobagens sem pé nem cabeça pode virar um livro hoje em dia?
"Ao falar, tudo o que você projeta são vibrações. O ouvido da outra pessoa interpreta as ondas como som."
Sim, as ondas sonoras produzidas pela voz são vibrações. E esta foi a última coisa coerente que o autor disse. A partir daí, é só junk science da pior espécie.
"No entanto as vibrações nem sempre se dissolvem imediatamente".
O que "se dissolve" é sal na água, carbono no ferro, açucar no cafezinho... uma onda sonora não "se dissolve" no ar. Ou será que o autor já viu alguém retirar o ar de uma sala e dizer "opa, aqui está aquela onda sonora de novo!".
"Algumas continuam a ricochetear na área por muito tempo depois de terem sido transformadas em sons pelo ouvido"
Uma onda sonora não é como uma partícula que fica ricocheteando num espaço confinado. Assim como as ondas causadas por um pedra em um lago se propagam em todas as direções, formando anéis ao redor do ponto onde a pedra caiu, também as ondas sonoras se propagam em todas as direções, esfericamente, a partir da fonte. Quanto mais distante da fonte, mais fraco fica o som, uma vez que a energia da onda se distribui em uma superfície cada vez maior. Além disso, boa parte da energia da onda é perdida através do calor durante sua viagem. Este processo no qual uma onda perde energia à medida que se propaga é conhecido por atenuação e cada meio possui o seu coeficiente de atenuação. Ao atingir um obstáculo como uma parede ou uma cadeira, a onda sonora perde ainda mais energia (quanto mais macio o obstáculo, como uma cortina, mais energia ela perde). O resto da onda é então refletida de volta, como luz num espelho, geralmente interferindo com a próxima frente de onda que vem logo atrás. Por isso dizer que algumas ondas (quais? em que condições?) ficam ricocheteando durante dias (será que se alguém abrir a porta elas escapam?) e que é possível gravá-las e escutá-las depois de todo esse tempo é coisa de desenho animado do Tom & Jerry (que é de onde parece ter vindo todo o conhecimento de física do autor).
Se fizermos gravações extremamente baixas em um local e depois as reproduzirmos numa velocidade ultra-alta, essas ondas podem ser restauradas para sua velocidade original.
Hein? Alguém vê o menor sentido nisso? O que pode sair de uma gravação "extremamente baixa" tocada numa "velocidade ultra-alta"? (Eu poderia tentar mas não tenho um player que atinja velocidades mach 1).
"Como você deve imaginar esta tecnologia tem um valor especial para a comunidade jurídica."
Sim, como evidência num tribunal para colocar este picareta atrás das grades.


Para conferir o resto, folheie o livro na Amazon clicando aqui. O trecho em questão é o primeiro parágrafo da página 87 da edição americana.

9 Comments:

Anonymous Diogo Figueiredo said...

Verdadeira pérola, Widson. Será que ele também explica os sons no vácuo do espaço de "Star Wars"? Talvez aqueles sons tenham ricocheteado até lá de gerações alienígenas passadas.
Aproveito o ensejo para parabenizá-lo pelo Blog. Sou leitor assíduo.

11:59 PM  
Blogger widson porto reis said...

Valeu Diogo!

1:11 PM  
Anonymous Anônimo said...

"me arrepia os cabelos da nuca como a assombração de uma menininha com os cabelos no rosto"

É... algo no que você escreve me lembra mesmo uma menininha...

•Evangélico

5:17 PM  
Blogger widson porto reis said...

Olha quem está de volta...

Eu poderia facilmente apagar seus posts, mas eu prefiro deixá-los para o julgamento dos outros. Que melhor argumento eu teria? :-))

8:31 PM  
Blogger Ron said...

arte pura!

seu blog é um dos melhores que eu já vi.
pena que chegou tarde aos meus ouvidos

voismecê tem o apoio do Bauru de Jogos. não que isso sirva de alguma coisa, é claro, mas vale a intenção

12:41 PM  
Blogger widson porto reis said...

Se este Bauru dos Jogos for o site http://baudejogos.vetorialnet.com.br eu adorei. Eu tive um MSX e até hoje sou um grande fã de retrocomputação. Tenho vários emuladores (MAME, MSX e Amiga) no meu computador e uma coleção bem completa de ROMS de MSX.

10:21 PM  
Blogger Ron said...

é sim! o único site do Brasil que fala a verdade sobre os joguetes :-)

MSX era do caralho! como joguei essa porcaria! apesar dos amarelos serem um bando de pervertidos infantis, eles fazem os melhores jogos, sem sombra de dúvida

10:23 AM  
Anonymous Anônimo said...

a cara si tok esse livro eh um dos melhores livros q existe tu naum entende besteira nenhuma qeh da uma d inteligente e nem sabe criticar um livro corretamente....vai si fude e duvido q vc faria um livro melhor q esse....tu tenq compra aqele livro "como ser um burro com ignorancia total!" esse foi feito pra ti!!!!!!

3:44 PM  
Anonymous Anônimo said...

Por favor colegas leitores do blog, se precisarem postar um comentário inútil , postem em português correto e com algum nexo , para que possamos pelo menos entender a causa de sua revolta!! Quanto ao texto acima, é um amontoado de bobagens escritas por um picareta, mesmo.

10:53 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

free webpage hit counter